GENTE QUE CUIDA DE GENTE

Integrada na SCMPLIMA a Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção (ULDM) tem como Missão contribuir, numa perspetiva integrada, para o processo ativo de recuperação e manutenção global dos seus utentes, prestando cuidados continuados de saúde e de apoio social. Visa proporcionar apoio social e cuidados de saúde de manutenção a pessoas com doenças ou processos crónicos, com diferentes níveis de dependência e que não reúnam condições para serem cuidadas no domicílio. Os serviços prestados e atividades desenvolvidas visam garantir o bem-estar, o conforto, a qualidade de vida e a segurança dos utentes, bem como proporcionar cuidados que previnam e retardem o agravamento da situação de dependência e/ou intenso sofrimento.

Foi realizada candidatura a um programa da Fundação EDP – EDP Solidária Saúde 2016, com o projeto “Gente que cuida de Gente”, tendo sido selecionado como vencedor.

O projeto visa o acompanhamento, tratamento, supervisão clínica e multidisciplinar de doentes com perda de autonomia e necessidade de reabilitação, ou que se encontrem em situações complexas de sofrimento associadas a doenças graves e/ou incuráveis e progressivas. As ações desenvolvidas pela equipa clínica e multidisciplinar centram-se nas pessoas doentes, e são delineadas especificamente para cada situação. Visam proporcionar cuidados de saúde rigorosos e humanizados, que contribuam para o seu conforto, dignidade e qualidade de vida.

O universo de doentes abrangidos serão: doentes com patologias neurológicas degenerativas; insuficiências orgânicas avançadas; demências avançadas; com sequelas de AVC; pós-acidentes; com sequelas de doenças neuromusculares; oncológicos, etc..

Sendo uma valência que abriu portas recentemente, e indo de encontro às necessidades da população alvo de cuidados, identificou-se a necessidade de qualificar o trabalho já desenvolvido através da aquisição de equipamento não médico de reabilitação e alívio de dor nas patologias que afetam os doentes e consequentemente provocam intenso sofrimento.

Com este projeto serão beneficiados todos os utentes da ULDM, sendo que esta unidade tem 30 vagas e uma renovação mensal média de 5 utentes devido a transferências por proximidade à área de residência, agudizações da doença com consequente perda de vaga e os óbitos, passando anualmente pela ULDM cerca de 90 utentes. Para além destes utentes, tem-se também uma média de 10 + 10 utentes das valências de ERPI da SCMPLIMA que estão igualmente em situação de extrema dependência e incapacidade e com possibilidade de que lhes seja dado também mais algum conforto nesta fase de vida.

Esta parceria com a Fundação EDP através do EDP Solidária Saúde 2016 vai permitir incrementar os cuidados já prestados e assim cumprir os objetivos a que nos propomos no projeto “Gente que cuida de Gente”.